A dor nas pernas faz parte do conjunto de sintomas que muitas mulheres sentem durante a menstruação. O que acontece é que, muitas vezes, esse desconforto aparece junto com outros sintomas e em diferentes intensidades durante o ciclo¹. Por isso que, às vezes, pode ser um pouquinho difícil de identificar e entender essa dor.

Mas não se preocupe! Temos algumas dicas para você entender melhor sobre como ocorrem as dores nas pernas durante a menstruação e formas de aliviá-la. Vamos juntas? ♥

O que causa dores nas pernas durante a menstruação?

A primeira coisa que você precisa saber sobre a dor nas pernas é que, quando ela ocorre durante a menstruação, geralmente está ligada a outro sintoma muito comum: a cólica menstrual! Ou seja, aquela dor forte na região do útero, também conhecida como dismenorreia, que acontece durante a menstruação¹,².

Saiba mais em: O que é cólica menstrual e por que a sentimos?

Além de ser um incômodo por si só, a cólica também costuma vir acompanhada de outros sintomas. Entre eles dor de cabeça, sensibilidade nas mamas, náuseas e, claro, a dor nas pernas¹,²,³! O que acontece é que, às vezes, a dor é tão forte que pode irradiar para os membros inferiores, principalmente no primeiro dia da menstruação, causando dores nas pernas².

Mas também existe outra causa provável para a dor que você sente nas pernas durante a menstruação, que é o inchaço. Muitas mulheres relatam sentirem as pernas mais inchadas e doloridas quando menstruam. Isso pode acontecer por causa da ação de uma substância chamada progesterona, que faz com que o nosso corpo retenha mais líquidos e, por consequência, ocorra o inchaço e dor nas pernas³.  

Você também pode gostar de: Dor nas pernas na TPM é normal?

Dicas para aliviar dores nas pernas durante a menstruação

Como explicamos acima, as dores nas pernas fazem parte de um conjunto de sintomas que afetam as mulheres durante a menstruação. Portanto, muitas vezes apenas aliviando a cólica é possível se ver livre do restante das dores menstruais, entre elas as das pernas².

Se você sofre com esses sintomas todos os meses, o mais indicado mesmo é buscar a ajuda de um especialista, que poderá indicar a você a melhor forma de aliviar as dores menstruais. Em alguns casos, é possível lidar com a dor usando algumas técnicas caseiras, como aplicar calor na região². E até terapias alternativas, como acupuntura e massagem² - que também são ótimas para diminuir o inchaço. Converse com o seu médico e pergunte qual a melhor opção para o seu caso!

Gostou das nossas dicas? Você encontra muitas outras como essas sobre o universo da menstruação na seção de dicas nosso site. E também pode acessá-las no nosso app Sai Cólica, que traz ainda um calendário para você acompanhar o seu ciclo e diversos joguinhos para aliviar o estresse da menstruação. Dica de amiga! <3   

Buscofem é indicado para o alívio das cólicas e outras dores menstruais. Por ser líquido, não demora para ser absorvido pelo organismo, promovendo o alívio 2x mais rápido que comprimidos. Seu formato em cápsula liquigel torna muito mais fácil de engolir, sem deixar nenhum sabor residual4! Para mais informações, consulte a bula de Buscofem!

NÃO USE ESTE MEDICAMENTO EM CASO DE ÚLCERA, GASTRITE, DOENÇA DOS RINS OU SE VOCÊ JÁ TEVE REAÇÃO ALÉRGICA A ANTI-INFLAMATÓRIOS.

SE PERSISTIREM OS SINTOMAS, O MÉDICO DEVERÁ SER CONSULTADO.

Buscofem (Ibuprofeno 400mg) é um medicamento analgésico em cápsulas Liqui-Gels®, composto por Ibuprofeno 400mg. LIQUI-GELS® é marca registrada da Catalent Brasil LTDA*. Contraindicações: alergia ou intolerância aos componentes da fórmula, asma, pólipo nasal, inchaço ou urticária provocada por medicamentos, úlcera gastrintestinal, doenças graves do coração, fígado ou rins, desidratação, últimos 3 meses de gravidez e em gestantes sem orientação médica e crianças menores de 12 anos. MS - 1.0367.0159 - SAC 0800 701 66 33. Junho/2018.

 

Referências:

1 - Oliveira, RGCQ; et al. TENS de alta e baixa frequência para dismenorreia primária: estudo preliminar [Internet]. ConScientiae Saúde. 2012. [Disponível em: http://www.redalyc.org/pdf/929/92923617020.pdf]

2 - Ikeda, F; Salomão, AJ; Ramos, LO. Dismenorreia primária [Internet]. RBM. 1999. [Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=407]

3 - Nogueira, CWM; Silva, JLP. Prevalência dos Sintomas da Síndrome Pré-menstrual [Internet]. RGBO. 2000. [Disponível em: http://www.scielo.br/pdf/rbgo/v22n6/12205.pdf]

4 - Mendes, GD; Mendes, FD; Domingues, CC; Oliveira, RA de; Silva, MA da; Chen, LS; et al. Comparative bioavailability of three ibuprofen formulations in healthy human volunteers. Int J Clin Pharmacol Ther. 2008.